Warning: ksort() expects parameter 1 to be array, object given in /home/conte104/public_html/anacristinasilva.com.br/wp-content/plugins/bbpress/includes/core/template-functions.php on line 316
Motivar sua equipe: 9 maneiras super eficazes - Ana Cristina Silva

Motivar sua equipe: 9 maneiras super eficazes

Liderança Transformadora: a VERDADEIRA liderança!
July 11, 2016
Motivação: como criar energia em sua equipe!
October 29, 2016
Show all

Motivar sua equipe: 9 maneiras super eficazes


E se houvesse um jeito de simples de motivar poderosamente sua equipe de forma a atingir os objetivos planejados e mais, deixando todos felizes com isto? Uma boa notícia, este jeito há. Aqui vou te apresentar 9 maneiras super eficazes de motivar sua equipe.

O maior ativo das empresas, é sem dúvida seu capital humano. Todo líder transformador sabe disto e este é o “pulo do gato” é entender que motivar equipes, mais do que uma possibilidade é uma obrigação do gestor.

A grande questão que paira na cabeça de todo líder interessado em ser uma inspiração para sua equipe e assim trazer mais resultados, é exatamente como motivar sua equipe efetivamente?

Neste artigo procurei reunir 9 formar poderosas, que  realmente trazem motivação e sei disso porque procuro por em prática cada uma delas. Você vai observar, que motivar equipes é um trabalho de mudança e constância, e requer do lider mudar muitas  coisas, inclusive suas crenças e modelos mentais.

E então, pronto para receber as 9 dicas de como motivar sua equipe? Vamos lá!

motivar sua equipe

1 – Ambiente agradável de trabalho

Vou usar aqui a teoria da Hierarquia das necessidades de Maslow. Abraham H.Maslow  foi um psicólogo norte-americano, que difundiu a ideia de que os seres humanos vivem para satisfazer suas necessidades, até conquistar a auto realização plena. Estas necessidades são descritas sob a forma de pirâmide, e sofrem uma hierarquização, ou seja, a medida em que uma necessidade é satisfeita automaticamente a próxima necessidade vem a tona.

maneiras eficazes de motivar

Bem, seguindo esta teoria, e conforme a figura acima, observamos que na base da piramide temos as necessidades fisiológicas e entre elas a “homeostase”. Pode parecer algo simples, mas todo mundo quer trabalhar em um ambiente de escritório limpo e estimulante.

P\ra motivar sua equipe sendo você um líder empresário, ou seja, o responsável direto por proporcionar este bem estar ou sendo um gestor de  líder em empresa, em ambos os casos é importante ficar atento a isto, e de vez em quando observar o ambiente para contribuir com motivação de sua equipe.

2 – Não punir as falhas!

A diferença entre ter uma experiencia proveitosa com erros ou não, está exatamente nas lições que tiramos do fato de errar, para não repeti-los novamente. É por isto que aquele velho ditado nos acompanha: “Errar é humano” ou ainda “Só erra quem tenta”.

Quando os membros de sua equipe cometem “erros honestos” ou seja, erros na tentativa de fazer melhor, não lhes dê punição, pelo contrário. Se quer motivar sua equipe verdadeiramente, então os incentive seus colaboradores a tentar novamente, cada vez que eles cometerem algum tipo de erro.

3 – Incentive a felicidade

Colaboradores felizes são contagiantes. Para motivar sua equipe, mantenha sempre os olhos abertos sobre sua felicidade. Estão felizes com a empresa? Estão felizes com o trabalho, estão felizes com sua gestão?

Desafios, trabalho duro, exigências por melhor desempenho não tornam as pessoas infelizes, a forma como você líder gerencia tudo isto, sim. Este é um caminho para motivar sua equipe.

4 – Proponha salários justos

Segundo pesquisas, 26% dos colaboradores deixariam o atual emprego por um aumento de 5%. Não se trata só de dinheiro, mas de se sentir valorizado. Pessoas são motivadas quando você estabelece um salário justo.

Estabeleça salários justo em relação ao mercado, e caso você seja um líder do mundo corporativo, cuja faixa salarial da equipe não dependa totalmente de você, busque meios de equalizar os ordenados junto a alta direção.

5 – Valorize cada membro e promova a integração

39% dos colaboradores sentem-se desajustados em suas equipes de trabalho. Faz parte de motivar equipes, buscar formas de incentivar a integração dos membros entre si e com todo e também a valorização de cada um como membro necessário.

Sabe que acontece? Temos a necessidade de pertencer! Quando o individuo se sente valorizado como pessoa e como membro integrante de um grupo, suas habilidades são despertadas de forma muito mais poderosa.

6 – Por favor, não micro gerencie!

Sem liberdade não dá! Ninguém merece um chefe chato que está o tempo todo olhando por cima do ombro…

Uma vez que você já tenha estabelecido metas claras, que tal permitir que sua equipe ande com as próprias pernas?

Para gerar motivação em sua equipe, é importante também além das metas, que você deixe claro, até onde eles podem ir, e a partir de onde você gostaria de ser envolvido. Pronto! Uma receita de sucesso para motivar equipes.

7 – Promova o auto desenvolvimento

Sabe uma forma potente de auxiliar seu colaborador a ser cada vez mais um membro valioso para sua equipe e para a empresa? Auxilie-o a desenvolver novas habilidades!

Promova treinamentos internos e externos. E não precisa de muito. Você mesmo, tem a capacidade de passar conhecimento, escolha um tema, pode ser a liderança mesmo, e compartilhe com sua equipe.

Observe se algum membro do grupo ou até mesmo de outras equipes, possui conhecimento a ser compartilhado. Além de desenvolver você ainda auxilia no entrosamento entre eles, com outras áreas e de quebra ainda reforça a autoestima do facilitador.

8 – Defina metas claras

Um estudo levantou que 63% das pessoas informaram que perderam tempo no trabalho por não estarem cientes do que era ou não prioridade.

Para motivar eficazmente as pessoas é necessário deixar claro o objetivo do trabalho que realizam.

Eu recomendo que você tenha um método eficaz para definir as metas de sua equipe eu uso o Método SMART:

S (Especifica) – O primeiro elemento para a construção de uma boa meta é considerar que ela deve ser específica. Fuja de más interpretações, tanto da sua parte como da parte da sua equipe e especifique o máximo possível a sua meta. Vamos analisar o seguinte exemplo:  Vender mais.

M (Mensurável) – Já dizia Peter Drucker, um dos gurus da Administração Moderna, que o que não pode ser medido não pode ser gerenciado. Portanto, depois de especificar nossa meta devemos ser capazes de mensurá-la.

A (Atingível) – De nada adianta construir uma meta que é impossível de ser atingida. Os efeitos dessa meta serão devastadores para você e para a sua equipe, que ficarão desmotivados em correr atrás de batê-la. Portanto, quando construir suas metas SMART, é extremamente importante deixar a meta mensurável mas de forma que os números dela possam ser atingíveis.

R (Relevante) – Uma meta, para ser relevante, deve impactar diretamente o seu negócio de modo que você consiga provar facilmente que ela trouxe algum tipo de resultado.

T (Temporal) – Uma meta sem prazo é uma meta que nunca será batida, portanto sempre associe uma meta a um período de tempo que ela deve ser realizada. Se você seguiu os passos corretamente, na própria etapa de definir a meta como mensurável você já deve ter definido um espaço de tempo para realizá-la.

9 – Para motivar sua equipe, reuniões: somente as úteis

Gastamos em média 3,8 horas em reuniões semanais improdutivas, sabia?! Seus colaboradores serão motivados se souberem que ao entrar em uma reunião com você vão obter reais benefícios. Boas práticas para reuniões são

  • Defina um horário para o início e o fim da reunião
  • Defina o objetivo da reunião e o que se buscará de resultado ao final
  • Criar um roteiro, uma pauta e distribuir antes
  • Convidar apenas pessoas que precisam participar das reuniões. Evite reuniões com mais de seis pessoas. O processo se tornará moroso e a reunião passará a ser mais uma plenária e não um ambiente para tomada de decisões objetivas
  • Se você propôs a reunião, assuma a liderança do encontro e não permita conversas paralelas ou desvio de foco
  • Solicite a todos os participantes para desligarem celulares e demais aparelhos de comunicação para ficarem atentos à reunião
  • Ao final da reunião, faça um resumo das decisões tomadas ou solicite a alguém para fazê-lo
  • Sistematize esse resumo em forma de ata (objetiva) e envie a todos os participantes, com as principais decisões tomadas na reunião e os próximos passos, prazos, responsáveis etc.
  • Objetividade, objetividade, objetividade

Para ser um líder, você tem que fazer as pessoas quererem te seguir, e ninguém quer seguir alguém que não sabe onde está indo.

Joe Namath


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *